Últimos dias para participar do edital da Fundação SOS Mata Atlântica, que pretende plantar um milhão de mudas na Serra da Cantareira

Fundação SOS Mata Atlântica

A iniciativa tem, dentre seus objetivos, a retenção de água no Sistema Cantareira - que hoje voltou a ter queda. Dia 15 de janeiro é o prazo final do edital lançado pela Fundação SOS Mata Atlântica, que está disponibilizando até 2 milhões de reais para serem utilizados em propostas enviadas para reflorestamento na Serra da Cantareira, através do projeto Clickarvore. Podem participar do edital pessoas físicas ou jurídicas.

Com recursos do Bradesco Seguros e Bradesco Cartões, o projeto pretende plantar até 1 milhão de mudas de espécies nativas da Mata Atlântica. Com essa ação, será possível a recuperação de até 400 hectares de floresta, o que pode resultar na conservação de 4 milhões de litros de água por ano no Sistema Cantareira.

O plantio poderá ser realizado em propriedades entre 1,5 e 30 hectares, especialmente em Áreas de Preservação Permanente e mananciais localizados em 12 municípios de São Paulo e Minas Gerais e que abastecem o Sistema Cantareira, que, aliás, tem esse nome em virtude da grande quantidade de mananciais que ali existiam originariamente - cântaro é um recipiente onde antigamente se guardava água. Apesar da crise hídrica que atravessa, motivada inclusive pelo desmatamento de cerca de 80% de sua área florestada original, o sistema ainda é a principal fonte de abastecimento de água para a população da Grande São Paulo, atendendo a 6,5 milhões de pessoas.

Sistema esse que hoje (05) teve nova redução seu nível de água, que se encontrava estável nos últimos três dias. As fracas chuvas do começo de ano fizeram com que o sistema recuasse em 0,1%, estando atualmente com 7% de sua capacidade, já consideradas as duas quotas do volume morto.

Apesar das fortes chuvas que ocorreram na capital, a pluviometria medida nas áreas que abastecem o Sistema Cantareira nos primeiros dias deste ano foi de apenas 8,7 mm - a média histórica para o período é de mais de 40 mm.

Leia também: Nível da água no Sistema Cantareira não aumentou, apesar do temporal em São Paulo

Fonte foto: "Vista de são paulo cantareira" por gaborbasch, via Wikimedia Commons