Não, a árvore mais antiga do mundo não foi cortada

árvore mais antiga do mundo não foi cortada

Muitas pessoas de boa vontade, que têm interesse na causa ambiental, repassaram essa informação, que se viralizou no facebook (até o fechamento desta edição, foram 322.000 compartilhamentos!), e manifestaram sua indignação e tristeza com relação a essa "notícia" que é COMPLETAMENTE FALSA!

Se você ainda não viu, publicou-se que madeireiros ilegais cortaram por engano a árvore mais velha do mundo, uma Samaúma de 5800 anos, na amazônia peruana, fronteira com o Brasil, dentro de terras dos indígenas Matsés, que reverenciava essa árvore e agora está prevendo que o corte dessa árvore representa um mau augúrio para o povo indígena e para toda a humanidade...

Para não dizer que seja completamente falsa, há alguns elementos verdadeiros na notícia: por exemplo, a Samaúma é realmente uma árvore majestosa, reverenciada por povos da floresta, importantíssima para o bioma amazônico. Porém não vive 5800 anos, nem seu crescimento apresenta anéis concêntricos. Pode chegar a 50m de altura.

Com uma análise mais cuidadosa, percebe-se que o World News Daily Report não é verdadeiramente um site de notícias. De acordo com o o referido site, sua equipe é formada por "jornalistas cristãos, muçulmanos e judeus, agentes aposentados do Mossad e veteranos das Forças Armadas Israelenses", "dedicado a cobrir arqueologia bíblica e outros mistérios ao redor do globo".

Só por essa descrição já daria para desconfiar, mas a conclusão vem mesmo ao se examinar o termo de isenção de responsabilidade contido no tal site, que afirma assumir "qualquer responsabilidade pela natureza satírica de seus artigos e pela natureza ficcional de seu conteúdo. Todos os personagens que aparecem nos artigos nesse website - até mesmo aqueles baseados em pessoas reais - são inteiramente ficcionais e qualquer semelhança entre eles e quaisquer pessoas, vivas, mortas, ou mortas-vivas é puramente um milagre".

Esse mesmo site também disponibiliza publicações como o lançamento de um satélite pelo Estado Islâmico do Iraque e Síria, e avistamento de pterodáctilo aterroriza aldeãos na Nova Guiné.

Diferentemente do que se esperaria de um site de humor, entretanto, a falsa publicação de desmatamento na amazônia não diverte a ninguém, causando, pelo contrário, consternação, espalhando a desinformação, aparentemente servindo apenas para explorar a comoção de pessoas que se importam com o assunto para angariar fundos com publicidade. Por isso, os links contidos neste artigo para conteúdo do World News Daily Report foram encurtados por um serviço que não gerará visualizações, nem recursos para esse site.

A farsa também foi exposta por diversas fontes, como The Guardian e Factually (que menciona a história verdadeira do corte da árvore mais antiga do mundo, na década de 60, que provavelmente inspirou a falsa).

Às pessoas verdadeiramente interessadas na preservação da floresta, seus povos e cultura, sugerimos que compartilhem artigos como este em resposta à publicação falsa, combatendo a desinformação, para que nossos esforços em defesa de nobres causas como essa não sejam em vão. E sempre verifiquem a veracidade de seus compartilhamentos.

Veja aqui a verdadeira lista das árvores mais antigas do mundo.

Leia também:

UNIÃO SUSTENTÁVEL: AMBIENTALISTAS E PESCADORES RECOLHEM LIXO DE RIO TIETÊ

Fonte foto: Geoff Gallice via flickr