Como fazer renascer a agricultura em Fukushima após o acidente nuclear

Como fazer renascer a agricultura em Fukushima

Descontaminar o solo e assegurar o renascimento da agricultura após o desastre de Fukushima. Especialistas e voluntários trabalham desde 2011 para proporcionar uma nova oportunidade para os agricultores japoneses das áreas afetadas pela radioatividade.

Pesquisadores da Universidade de Tóquio estão dando assistência às áreas afetadas pelo acidente de março de 2011. O trabalho de retomada da agricultura acontece em contato estreito com os moradores locais. Em 15 de abril de 2011, cerca de um mês após o terremoto, o Professor Hiromichi Nagasawa convidou os membros da Faculdade de Agricultura para iniciar um estudo para apoiar as áreas afetadas pelo acidente nuclear.

Os grupos de pesquisa têm desenvolvido uma série de propostas para o monitoramento do solo, água, florestas, fazendas de cultivo de arroz e frutas, para que se possa salvar a agricultura de contaminação radioativa. O trabalho foi feito principalmente por voluntários, que trabalharam para avaliar a absorção de césio radioativo no solo. Na opinião de especialistas, o césio vai continuar a ter o maior impacto em comparação com outras substâncias radioativas liberadas após o acidente.

Dos estudos realizados em Fukushima, verificou-se que a maior parte do césio foi distribuída a uma profundidade de cerca de 5 cm da superfície do solo. São então feitos alguns experimentos no solo contaminado, a partir da sua lavagem. A primeira lavagem, permitiu a remoção de 20 % de césio. No que diz respeito aos campos de arroz, em 99,8 % do arroz inspeccionado não foi detectada qualquer radioatividade.

Voluntários e especialistas têm trabalhado no campo, para verificar problemas de forma concreta. E assim nasceu uma verdadeira parceria com os agricultores para juntos desenvolverem um método de irrigação dos campos de arroz que possa remover as camadas de solo contaminado.

Os resultados são apresentados publicamente a cada três meses. A última reunião foi realizada em dezembro de 2013. O professor Nakanishi publicou um livro em língua japonesa sobre o assunto, com o título "A contaminação do solo: traçar substâncias radioativas em Fukushima" (NHK Books). Em 2013, os pesquisadores envolvidos no projeto deram origem a um conjunto de documentos, em inglês, que foram publicados pela Springer sob o título "Agricultural Implications of the Fukushima Nuclear Accident."

A solução dos problemas da radiação pode levar ao desenvolvimento de novos sistemas de produção mais sofisticados. "Minha esperança é de um futuro em que as pessoas de Fukushima não devam mais se preocupar com os efeitos do acidente nuclear e possam concentrar-se no renascimento da agricultura" - disse o professor Nakanishi em nome de toda a equipe de pesquisa, que argumenta que a sua missão final será a de perseverar no apoio aos agricultores locais.