Como reduzir o uso de fertilizantes nitrogenados?

reduzir o uso de fertilizantes nitrogenados

Pesquisadores da Unicamp e da University of Edinburgh, Escócia, encontraram uma possibilidade de aumentar a absorção do nitrato no solo pelas plantas, o que pode ajudar na redução do uso de fertilizantes nitrogenados.

Fertilizantes que usam nitrogênio em suas composições são usados na agricultura para aumentarem o crescimento da plantas e melhorarem a sua produção. Mas o uso excessivo de fertilizantes não apenas danifica o meio ambiente como encarece a a produção agrícola.

As plantas absorvem o nitrogênio do solo na forma de nitrato, que sofre um processo para vir a ser assimilado como proteínas e aminoácidos necessários ao crescimento da planta. Ao estudar esse processo, os pesquisadores descobriram que o nitrato é convertido em nitrito que também pode ser transformado em óxido nítrico, dentro das células vegetais. Mas o óxido nítrico, antes considerado apenas um subproduto do processo de assimilação do nitrogênio pelas plantas, foi descoberto como um sinalizador para a planta absorver ou não mais nitrogênio para poder crescer.

Assim, chegaram a conclusão que, alterando esse sinalizador, as plantas poderiam assimilar mais nitrogênio em vez de receberem fertilizantes para incrementarem seu crescimento.

Fertilizantes, meio ambiente e saúde

O nitrogênio e seus compostos: nitrito e nitrato, nitrogênio amoniacal e albuminóide, podem causar riscos para a saúde. Os nitritos reduzem a capacidade do sangue em transportar o oxigênio necessário ao organismo, podendo induzir à meta-hemoglobinemia e à formação de nitrosaminas e nitrosamidas carcinogênicas.

O nitrato é um dos íons mais encontrados nas águas e são mais numerosos nas águas subterrâneas. A sua presença indica a contaminação dos aquíferos.

A nocividade destes compostos depende da dose diária absorvida, que segundo a Organização Mundial de Saúde, as entidades de abastecimento e distribuição de água devem respeitar rigorosamente o limite de 50 mg de nitrato por litro de água.

Os fertilizantes nitrogenados usados em excesso na agricultura, acabam por contaminar os lençois freáticos. Além disso, seus compostos (ácido nitroso e ácido nítrico) estão relacionados a processos danosos ao ambiente como:

* eutrofização de águas – fenômeno causado pelo excesso de nutrientes que pode gerar a proliferação de algas que extraem o oxigênio do meio aquático;

* chuva ácida (chuva carregada de ácidos provenientes da atmosfera como resultado da poluição)

* aumento do efeito estufa (as moléculas de ácido nitroso presentes na atmosfera absorvem muito mais radiação solar do que o CO2, contribuindo para o aquecimento global causado pelo efeito estufa)

Apesar de ser importante, ou essencial, à agricultura, estas seriam as razões para se buscar alternativas ao uso de fertilizantes nitrogenados.

Para saber mais sobre o estudo, clique aqui.

Leia também: Campanha luta para impedir o uso de agrotóxicos no país

Fonte foto: freeimages.com