Cadastro Ambiental Rural já regularizou 130 milhões de hectares

Cadastro Ambiental Rural

O Cadastro Ambiental RuralCAR é um registro eletrônico obrigatório para todos os imóveis rurais e tem por finalidade integrar as informações ambientais referentes sobre as Áreas de Preservação Permanente - APP, as áreas de Reserva Legal, as florestas e dos remanescentes de vegetação nativa, as Áreas de Uso Restrito e as áreas consolidadas das propriedades e posses rurais do país. O cadastro também é importante para se obter a regularização ambiental e a obtenção de financiamento público para a produção agrícola.

O governo federal espera cadastrar até maio de 2015, 329 milhões de hectares – numero que representa o total de imóveis e posses rurais do país. Até o momento, cerca de 130 milhões de hectares já foram cadastrados no CAR.

Segundo o Ministério do Meio Ambiente, esse esforço pode se revelar frutífero, porque já está em operação o sistema de detecção de fraudes no preenchimento de dados, trazendo dados mais fidedignos. Essa chamada “malha fina” do cadastro já revelou algumas tentativas de cadastro fraudulento.

Até o final de 2014, o governo adquirirá o quarto lote de imagens de satélite, cobrindo todo o território nacional. Isso ajudará no combate ao desmatamento florestal em todas as partes do Brasil, através da oferta desse farto material para os estados, que poderão analisar o quanto de Áreas de Preservação Permanente e Reserva Legal estão conseguindo recuperar.

Há ainda uma busca, por parte do governo, de entrar em entendimentos com produtores de soja, a fim de que esse alimento possa sair da lista de vetores do desmatamento ambiental. O CAR tem sido peça fundamental no processo de investigação sobre o cumprimento das metas, por parte dos produtores agrícolas. Essa será a melhor forma de conquistar espaço no mercado em diversos países que são mais exigentes com suas commodities.

Embora o CAR seja uma atribuição da esfera estadual, o próprio Ministério do Meio Ambiente será o centralizador dos dados, por meio do Sistema de Cadastramento Ambiental Rural (Sicar), e também fazendo com que pequenos proprietários possam se inscrever com mais tranquilidade e praticidade.

O governo espera que no mês de maio de 2015 todos os proprietários de terra brasileiros insiram seus dados e façam seu cadastro. Pequenos e médios produtores são, no momento, o grande foco do CA.

Leia também: Cadastro Ambiental Rural deverá monitorar o desmatamento

Fonte foto: car.gov.br