FAO homenageia países que se destacaram na luta contra a fome

FAO homenageia países que se destacaram na luta contra a fome

Camarões, Etiópia, Gabão, Gâmbia, Irã, Kiribati, Malásia, Mauritânia, Ilhas Maurícias, México, Filipinas, Uruguai e Brasil serão os 13 países homenageados pela FAO em Roma no domingo, 30. A homenagem é pelo mérito destes países por entrarem na lista dos que mais lutam contra a fome.

A homenagem premiará duas iniciativas: uma é relativa ao sucesso dos países que atingiram o primeiro dos Objetivos de Desenvolvimento do Milênio: reduzir em 50% a proporção de pessoas subnutridas até 2015. A outra é uma homenagem aos países que diminuíram pela metade absoluta o número da fome até 2015: Brasil, Camarões e Uruguai.

Criada em 16 de outubro de 1945, a Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura (FAO) atua como um fórum neutro, onde todos os países, desenvolvidos e em desenvolvimento, se reúnem em igualdade para negociar acordos, debater políticas e impulsionar iniciativas estratégicas para a erradicação da fome e da insegurança alimentar no mundo. Atualmente seu diretor-geral é o brasileiro José Graziano da Silva, engenheiro agrônomo formado em 1972 pela Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz da Universidade de São Paulo.

Leia também: ONU: cai a fome no mundo e Brasil se destaca

Fonte foto: fao.org