Daily Table: Conheça o supermercado de produtos vencidos

Daily Table: o supermercado de produtos vencidos

O desperdício de comida nunca foi um assunto tão evidente em nossos noticiários e alvo de preocupações e tomada de atitude de governos por todo o mundo. Nesse contexto, surgem opções de mercado que se especializam no aproveitamento de alimentos. Conheça mais sobre o assunto a seguir.

Segurança alimentar: um tema urgente

Por toda parte, existem tentativas de diminuir o desperdício de alimentos. Desde "multar" quem pede muita comida e deixa no prato, em alguns restaurantes, até oferecer embalagens menores em supermercados para que o cliente jogue menos comida fora, caso não consuma toda a quantidade adquirida, tendo ainda em vista que existem muitas pessoas que vivem sozinhas.

A população cresce talvez em um ritmo maior do que cresce a produção de alimentos e principalmente, a população cresce sem que se divida melhor a renda. Desse modo, mais e mais parcelas da população não têm acesso à alimentação.

Por problemas de segurança alimentar, alimentos que talvez pudessem ainda ser consumidos são por força de lei jogados no lixo. Pelo mesmo motivo, muitos restaurantes evitam reaproveitar e até mesmo presentear sobras de alimentos com o receio de ser responsabilizado e penalizado por algum eventual prejuízo causado pelo alimento reaproveitado ou dado à quem necessite.

Daily Table: o mercado oferece uma alternativa

O conceito de “Data de Validade” é muitas vezes confuso e leva a um desperdício de alimentos da ordem de US$ 165 bilhões – cerca de R$ 363 bilhões – apenas nos Estados Unidos.

Essa questão parece estar tomando um outro rumo, pelo menos nos Estados Unidos, graças ao presidente da Trader Joe´s: Doug Rauch. A experiência de Rauch no ramo alimentício – Trader Joe´s é reconhecida como uma das principais redes de supermercados dos EUA - o levou a pensar que já era hora de aproveitar algo que estava sendo jogado no lixo, em um novo negócio.

Trata-se do Daily Table, que deve ser inaugurado ainda este mês, em Boston. É uma espécie de mercearia e restaurante, que irá oferecer comida barata com data de validade vencida, isto é, alimentos que seriam considerados “não-comercializáveis” por redes de mercados tradicionais.

Entre as opções do Daily Table estarão frutas, vegetais e comida reaproveitada que pode ser incorporada à alimentos quentes. Além disso, haverá os itens que estão dentro da validade, mas em embalagens danificadas.

Comida saudável pelo preço de fast food

Rauch teve a grande ideia: comercializar, pelo preço de um fast food, comidas nutricionalmente ricas. Afinal, ele observou que as pessoas estavam cientes de que não forneciam uma alimentação saudável a seus filhos, pelo fato de a comida mais natural, ser também mais cara.

Com isso, bons alimentos podem estar disponíveis à quem não se importa tanto com a data de validade e adoraria pagar menos por isso. Rauch, em entrevista recente ressaltou que, antigamente, a questão da validade não existia e as pessoas sabiam quando o alimento deveria ser descartado. O leite, por exemplo, se sabia estar vencido, pelo cheiro.

A ideia, apesar de sofrer críticas da concorrência, se baseia em um estudo recente da instituição Natural Resources Defense Council e da Law School's Food Law and Policy Clinic de Harvard, que constatou haver distorções na maneira de encarar a data de validade de alimentos. Consequentemente, os americanos estariam jogando comida no lixo de maneira precipitada, uma vez que tais alimentos ainda estariam próprios para o consumo.

O que você acha da iniciativa de Daily Table? Será que vai dar certo?

Fonte foto: freeimages.com