Cheiro de suor: dos cientistas chega um novo desodorante para combater o CC

  • atualizado: 
Cheiro de suor

Cheirinho de suor, atenção, uma nova geração de desodorantes está por chegar. O terrível cheiro que algumas pessoas têm no sovaco estaria com os dias contados. Na verdade, a ciência agora promete acabar de vez como CC simplesmente mirando na raiz do problema.

Se é verdade que o que gera o odor não é o próprio suor, que é inodoro, mas sim as bactérias nas axilas que começam a fazer festa metabolizando certas moléculas secretadas pela pele em compostos odoríferos, duas equipes de pesquisadores da University of Oxford e da University of York, identificaram em um novo estudo a proteína de transporte que permite às bactérias reconhecerem e engolirem o suor. 

E então eles pensaram: e se fizéssemos dessas bactérias um possível alvo para uma geração de desodorantes de ação direcionada?

Como funciona o "suor"

O suor é composto de água e alguns tipos de moléculas secretadas pelas glândulas sudoríparas. Estas se distinguem em "excêntricas", porque sse encontram na pele de todo o corpo e são responsáveis ​​pelo suor substancialmente inodoro devido ao exercício físico, com o qual o organismo mantém a temperatura correta; e em "apócrinas", que estão localizadas nas axilas e na área genital e, com água produzem moléculas complexas inodoras que, no entanto, podem ser assimiladas por bactérias que se convertem em compostos de cheiro ruim.

E somente algumas espécies bacterianas em nossas axilas são efetivamente responsáveis ​​pelos odores mais desagradáveis. Uma destas é a Staphylococcus hominis, que engole a molécula S-Cys-Gly-3M3SH secretada juntamente com o suor, e a converte em tioalcolo 3-metil-3-solfanilesan-1-ol (3m3sh), conferindo o mau cheiro típico.

suor mecanismo

Isso acontece porque uma determinada "proteína de transporte" na membrana celular é capaz de reconhecer compostos específicos e de levá-los para a bactéria. Ali, no citoplasma, se realiza a transformação em 3m3sh.

Descobrir este mecanismo que produz o cheiro de suor, de acordo com os autores do estudo, pode lançar as bases para o desenvolvimento de novos tipos de produtos que ajam de forma orientada, focados ao pequeno número dos microorganismos realmente responsáveis ​​pelo mau cheiro.

Já os desodorantes atuais que estão no mercado atuam matando a maioria das bactérias que vivem na epiderme e, os mais comuns deles, nem sempre funcionam, sem contar que acredita-se que muitos inclusive façam mal, seja porque impede o regular suor (que ajuda o corpo a manter sua temperatura ideal), seja porque cheio de produtos químicos duvidosos.

Leia mais → Desodorantes podem causar câncer, dizem pesquisadores

Se os pesquisadores conseguirem criar novos desodorantes eficazes e que não façam mal, ficaremos muito contentes. Enquanto isso, para combater os odores naturalmente, leia também: 

seta

SUOR E CC - COMO RESOLVER O MAU CHEIRO NO CORPO?

setaALGUMAS ALTERNATIVAS NATURAIS AO DESODORANTE

setaCHEIRO DE SUOR EM CRIANÇAS – O QUE FAZER?