Como Converter Kindle para PDF 

Alguns formatos de documento, como o epub, são abertos somente em determinados equipamentos. Para que todos possam ler um arquivo, você pode converter Kindle para PDF.

A evolução tecnológica permitiu que vários de nossos hábitos, como a leitura, sofressem adaptações para gerar menor impacto ambiental. Foi assim que, há alguns anos, surgiu no mercado o Kindle, um pequeno equipamento que permite a leitura de livros e revistas digitais. É justamente por evitar o gasto de recursos como papel e tinta que os livros digitais são opções interessantes. Mas e quem não tem um Kindle, não pode ler um livro digital? Pode, ao converter Kindle para PDF.

A necessidade de converter PDF para Kindle e vice-versa existe porque os arquivos Kindle são feitos em um formato próprio para o equipamento ou para o aplicativo de smartphone, o .epub. Assim, se você somente compartilhar um destes documentos para alguém que não possui os produtos Kindle, a pessoa não vai conseguir visualizar – diferente do PDF, que pode ser lido em qualquer computador ou celular.

Convertendo um Kindle para PDF

Não há uma forma de fazer esse processo dentro do próprio Acrobat Reader PDF, desenvolvido pela Adobe, que é responsável por esse tipo de arquivo, nem nas configurações do Kindle. Por isso, quem precisa converter PDF para Kindle deve utilizar um programa com essa de funcionalidade. Entre as opções mais conhecidas estão o software Calibre e o site Zamzar, mas ambos são totalmente em inglês e limitados em outros aspectos.

Uma sugestão mais completa é o PDFelement, que além de converter PDF para Kindle, conta com uma gama de outros recursos para que você faça ajustes, se necessário. Inserção de notas, exclusões de frases ou uma formatação diferente são alguns dos recursos oferecidos pelo PDFelement. Não é à toa que este software é considerado um dos mais completos do mercado.

Editor de PDF para Windows e Mac

Se no processo de conversão do Kindle para PDF alguma configuração do documento não ficou exatamente como você esperava, o PDFelement (com versão para Windows e Mac) surge como uma boa opção. As ferramentas de edição do PDFelement incluem mudança nos textos, alteração no tamanho das fontes, inserção de objetos e imagens, entre outros recursos.

O software permite ainda o processo contrário, ao converter PDF para Kindle, já que conta com uma gama de formatos de saída. Se você tem um PDF e deseja salvar em outro tipo de arquivo, no PDFelement pode escolher entre Word, Excel, PPT, Bloco de Notas, HTML e, claro, epub, o formato dos ebooks do Kindle.

Imagem de PDFelement

Por que os livros digitais são melhores para o meio ambiente?

A resposta para essa pergunta é simples: menor impacto ambiental ao reduzir a derrubada de árvores para a fabricação de papel. De acordo com a Revista Galileu, cada pé de eucalipto, que é a árvore mais utilizada para o papel no Brasil, “rende” de 20 a 24 mil folhas de papel A4. Isso significa que são necessárias 11 mil árvores para produção de uma tonelada de folhas. Com a média de consumo per capita de papel no país de 44 kg por ano, cada um de nós é responsável por meia árvore anualmente.

Dados da Embrapa indicam que 100% das fábricas de papel utilizam reservas reflorestadas na produção, o que é bastante positivo para as matas nativas. Entretanto, essa é só uma parte do impacto causado pela produção de papel para livros e revistas, uma vez que muitos produtos acabam indo para o lixo, sem a devida destinação para a reciclagem.

Com o aumento da informação a respeito do tema, muita gente tem optado por levar uma vida com o conceito paperless, que propõe uma maior consciência daquilo que gastamos em nosso dia a dia, seja em casa ou no trabalho. Nesse caso, os livros digitais são perfeitos, já que não exigem recursos naturais para a produção e não se encerram em um só produto físico.

Imagem de ijeab por Freepik

Com a adaptação do Kindle para o smartphone, você não precisa comprar o equipamento para ler livros digitais. Além de ler ebooks, você pode fazer outras pequenas adaptações em sua rotina, como pensar duas vezes antes de imprimir um documento, verificar a possibilidade de contar somente com arquivos digitais em sua empresa, e se for mesmo necessário imprimir, reutilizar papel. Essas pequenas atitudes fazem toda a diferença para o meio ambiente e para nossa qualidade de vida na Terra.

Sobre Redação GreenMe

Redação GreenMe
greenMe.com.br é um site de informação sobre meio ambiente e saúde, criado para levar ao grande público, a consciência de que um mundo melhor é possível, através de um comportamento respeitoso com todas as formas de vida.

Veja Também

Black Friday: consumidor deve ter cuidado! Saiba seus direitos

Black Friday, cuidado! Nem tudo é o que parece. Não tem aquele ditado, esmola demais …