Mamíferos na mesa significa mamíferos em extinção

comer-carne

Você já parou para pensar que muitas espécies podem entrar em extinção porque estão sendo comidas pelo homem?

Para nós é tão natural comer a carne de algumas espécies animais que não nos damos conta desse dado. Acontece que mais de 300 espécies de mamíferos, tais como chimpanzés, hipopótamos e morcegos, podem entrar em extinção por estarem sendo comidas pelo ser humano. 

É muito comum que animais selvagens sirvam de comida para diversas populações, mas a atividade comercial está dando lugar a esse meio de sobrevivência. É isso que indica uma pesquisa publicada na revista científica Royal Society Open Science, que alerta para esse fenômeno e para a necessidade de serem tomadas medidas para evitar a extinção de algumas espécies, cuja consequência é o colapso dos ecossistemas onde essas populações vivem.  

A pesquisa baseou-se na “lista negra” da International Union for Conservation of Nature’s (IUCN) para identificar as espécies ameaçadas de extinção devido à caça para alimentação. Descobriu-se que 301 espécies dos mamíferos terrestres catalogados pela IUCN correm sérios riscos.  

De acordo com o site português Sapo, o responsável pela equipe de investigadores, David Macdonald, explicou ao The Guardian, que: "O número de caçadores envolvidos neste esquema aumentou, e a penetração das redes rodoviárias para os lugares mais remotos é tal que se torna impossível controlar. O que antes era apenas um coelho na panela de uma família na zona, torna-se agora algo comercialmente apetecível. Nos Camarões, só para dar um exemplo, ao amanhecer é possível ver uma imensa fila de táxis saindo para as áreas mais remotas destes locais, para regressarem ao fim do dia carregadas de carne de animais selvagens, para vender na cidade mais próxima”. 

Dados de 2011 do Center for International Forestry Research calculavam que cerca de 6 milhões de toneladas de animais eram retiradas todos os anos da vida selvagem. A porta de entrada dessa carne é a Europa, onde só no aeroporto Charles de Gaulle, em Paris, 260 toneladas são apreendidas anualmente.

Infelizmente, quem tem mais recursos aproveita da fragilidade de populações pobres para extraírem delas os recursos que garantem a sua própria sobrevivência.  

Especialmente indicado para você: 

RELATÓRIO ALERTA SOBRE A CAÇA DE ANIMAIS COM ARMAS DE FOGO

10 ANIMAIS EM EXTINÇÃO QUE PODEM DESAPARECER AINDA ESTE ANO