Tomates orgânicos são mais ricos em licopeno e vitamina C

Tomates orgânicos são mais ricos em licopeno e vitamina C

Tomates orgânicos são mais nutritivos do que os convencionais. Parece que esta notícia nega, pelo menos para o caso dos tomates, uma recente pesquisa anterior segundo a qual, não haveria diferenças do ponto de vista nutricional entre os alimentos provenientes da agricultura orgânica e seus correspondentes convencionais.

As diferenças existem sim! Tomates orgânicos acumulam concentrações mais elevadas de vitamina C, açúcares e antioxidantes, quando comparados com os mesmos alimentos cultivados por métodos convencionais que incluem a utilização de pesticidas. A comparação foi feita por especialistas da Universidade Federal do Ceará, sob a orientação de Maria Raquel Miranda Alcantara.

O estudo em questão foi publicado no portal científico de acesso aberto, o PlosOne. Os pesquisadores compararam tomates orgânicos com os convencionais quanto ao peso e ao conteúdo nutricional. Tomates orgânicos foram, apesar de terem um peso inferior de cerca de 40 %, capazes de acumular uma maior quantidade de nutrientes.

Isto se daria devido ao estresse benéfico que os tomates orgânicos são submetidos durante o seu crescimento, tendo que enfrentar condições adversas, sem a utilização de pesticidas, tal como no caso das plantas cultivadas espontaneamente em um ambiente completamente natural. Seria devido a este tipo de estresse, que a qualidade nutricional de tomates orgânicos aumenta, fazendo com que contenham uma maior presença de vitamina C, açúcares e antioxidantes, entre os quais, o licopeno.

As diferenças são evidentes consultando os dados relatados nesta tabela. Cilque aqui para vê-la

Na conclusão do estudo, os especialistas sugerem que no cultivo de hortaliças, não se deve tentar eliminar as condições de estresse com o intuito de maximizar a produtividade das culturas. Mas encontrar um equilíbrio que permita a obtenção de produtos de grandeza e conteúdo nutritivo favoráveis.