O que comprar no mês de junho: alimentos da estação

alimentos do mês de junho

O mês de maio está indo embora e com a chegada de junho vem a seleção dos alimentos da estação, que promete balançar a rede de sabor e benefícios para o corpo. Conheça os titulares desta seleção e mande ver na Copa e Cozinha:

Leia também: Saiba da importância de se alimentar com alimentos da estação

* Agrião: Erva de sabor picante, normalmente usada em saladas. Largamente recomendado pelo seu valor nutritivo, teor de vitaminas e ótimo paladar. Rico em iodo, ferro, enxofre, fósforo e vitaminas A, C, E e do complexo B. Seus nutrientes são importantes para o bom funcionamento da glândula tireoide, evitam a fadiga e ajudam na manutenção da saúde da pele e na formação dos ossos e dentes. Também ajuda no tratamento de reumatismo, gota, artrite, tosses, gripes, bronquites, distúrbios digestivos, acne. Além de baixíssimas calorias o agrião possui, ainda, ações expectorante, descongestionante, anti-inflamatória, cicatrizante, diurética, entre outras. Para um melhor aproveitamento dos nutrientes do alimento, deve-se ingeri-lo cru.

* Batata doce: Apesar do nome, a batata doce libera menos quantidade de açúcar no organismo do que a batata inglesa. Os principais benefícios que esse alimento oferece são: o fornecimento de energia com carboidratos saudáveis, controle da diabetes devido ao baixo índice glicêmico, por ser rica em fibra ajuda a diminuir o apetite auxiliando no emagrecimento e fortalece o sistema imunológico pois contém uma boa quantidade de vitamina A. Além desses benefícios a batata doce é rica em ferro e cálcio, nutrientes importantes para os ossos e cérebro. Para um melhor aproveitamento do alimento deve-se comer cozida e com casca, evitando frituras.

* Carambola: A carambola, fruta de origem asiática, apreciada por sua beleza e perfume também é responsável por inúmeros benefícios. Rica em água e potássio, a carambola é indicada como diurético, evita a retenção de líquido e ainda conta com excelente fonte de vitaminas do complexo B, A e C, fósforo, potássio e cálcio, o que auxilia na prevenção de cãibras, atua nos estímulos neurais e contrações musculares. Previne doenças crônicas e ainda dá aquela forcinha no controle de peso. Cada 100g da fruta possui cerca de 30kcal, além disso, seu grande teor de fibras auxilia na absorção de gorduras ingeridas e ajuda na ressaca do fim de semana, por possuir 87% de água, sendo útil no combate da desidratação causada pelo excesso no consumo de bebidas alcoólicas.

* Pinhão: O pinhão é uma semente comestível da araucária. E dará o ar de sua graça nesse mês, aproveite! pois os pinhões contribuem para um coração saudável, são grandes fontes de gorduras monoinsaturadas que são associadas à baixos níveis de colesterol e menor risco de ataque cardíaco. Também são ricos em vitaminas E, K, cobre, ferro e manganês que ajudam o sistema cardiovascular. Ainda ajudam a retardar o envelhecimento por serem antioxidantes; ajudam na saúde dos olhos e na prevenção de doenças oculares. E devido às concentrações de proteína e magnésio, ajuda nos sintomas de fadiga, libera a tensão muscular e cólicas. Ao escolher opte por aqueles com casca mais avermelhada e brilhante.

* Gengibre: O gengibre é um rizoma (tubérculo como a batata) rico em propriedades medicinais. Fonte de vitamina B6, cobre, magnésio e potássio. Por ser antioxidante, aumenta a imunidade, previne o câncer e ainda ajuda na saúde da pele e do cabelo. Ajuda no alívio de náuseas, cólicas, dores nas articulações, possui ação anti-inflamatória e descongestionante. Por ser uma alimento termogênico – aumenta a temperatura do corpo e mantém o metabolismo acelerado – auxilia na perda de peso e queima de gordura. Na hora da compra, escolha um gengibre com a pele lisinha, descarte os pedaços enrugados com as pontas mofadas.

Leia também:

5 especiarias anticâncer

10 alimentos e ervas que são verdadeiros antibióticos naturais

Fonte foto: freeimages.com