Mês de Maio, o que comprar de estação?

alimentos do Mês de Maio

Outro mês inicia e no meio dessa correria do dia-a-dia você já parou para pensar quais são os alimentos de estação que não podem faltar na tua lista de compra deste mês?

E que tal se optarmos por alimentos orgânicos ? Apesar de serem um pouco mais caros que os convencionais, os alimentos orgânicos são produzidos livres de agrotóxicos, sem produtos químicos para evitar pragas e mato, provavelmente, mais nutritivos, mais saborosos, e ricos em vitaminas e minerais. Por serem produzidos de maneira natural apresentam suas reais características de textura, cor, cheiro e sabor. E para se aventurar no mundo dos orgânicos nem precisa ir muito longe, atualmente é possível encontra-los em grandes redes de supermercado e em Feiras Orgânicas - no Site do Idec é possível encontrar a feira mais próxima de você em qualquer lugar do Brasil, além disso o mapa também mostra quais são as frutas, verduras e legumes da estação de sua região para que você opte pelos produtos locais.

E para facilitar as suas compras deste mês, sugerimos quatro alimentos de estação que te farão bem ao corpo e ao bolso:

- Kiwi Nacional: O pequeno fruto parecido com um ovo marrom felpudo e de coloração verde por dentro é um grande aliado à nutrição. Rico em vitamina C e E, e apresenta vários fitonutrientes antioxidantes, tais como flavonoides e carotenoides, além destes o Kiwi ainda é rico em ácido fólico, essencial na produção de glóbulos vermelhos e brancos, na síntese de material genético e formação de anticorpos; potássio; magnésio, que facilita o bom funcionamento do sistema gastrointestinal, nervoso, muscular e imunitário; e fibra solúvel e insolúvel que favorece o funcionamento intestinal e ajuda a regular os níveis de colesterol. Para escolher um bom fruto, atente-se às manchas, evite os mais macios e os que estiverem húmidos.

- Tangerina Pocam: A tangerina, também conhecida como Pocam, ou mexerica, é uma fruta cítrica e popularmente conhecida devido ao seu paladar bastante agradável e a facilidade de descascar e ingerir. Rica em ferro e vitaminas A, B1, B2 e C, é também, fonte de fibras que auxilia no funcionamento intestinal; proporciona saciedade por retardar o esvaziamento gástrico; reduz a absorção do colesterol e dos açucares no organismo. Com um alto teor de água, a fruta também ajuda na hidratação corporal e possui efeito diurético. Quando associada a uma dieta saudável torna-se uma forte aliada no combate ao envelhecimento e na redução dos riscos de câncer e em doenças cardiovasculares e neurodegenerativas como, por exemplo, o Alzheimer. Na hora de escolher, dê preferência às mais firmes e com maior brilho.

- Mandioquinha: Uma raiz tuberosa boa fonte de energia devido ao seu teor de carboidrato, proveniente de um amido de granulação bem pequena o que a torna de fácil digestão. Rica em cálcio, fósforo, potássio e vitamina C, que ajudam na manutenção da saúde dos ossos, auxilia na regeneração dos tecidos, regula o pH sanguíneo e a pressão arterial e, também, auxilia processos digestivos e nas contrações musculares. A vitamina C presente no alimento ajuda a combater infecções, aumenta a absorção de ferro pelo corpo e possui propriedades antioxidantes. Na hora de escolher as melhores, evite as raízes com a coloração amarelo intenso pois são mais fracas, evite também as que apresentam cortes, áreas amolecidas ou mancha escuras e dê preferência às menores, pois são mais macias.

- Abóbora: Das família das Curcubitáceas (plantas rasteiras ou trepadeiras). Apesar de suas variedades, todas possuem praticamente a mesma composição nutricional e propriedades benéficas. Rica principalmente em vitamina A, complexo B (B1 e B2) e vitamina C, que auxiliam na memória e humor, também reduzem o risco de doenças cardíacas e com poderoso antioxidante que combate os radicais livres e colabora na prevenção de doenças cardiovasculares. Possui também bastante água, fibras, potássio, fósforo, ferro e magnésio, por conter todas essas propriedades, o consumo de abóbora está associada a redução do risco de certos tipos de câncer, doenças do coração, derrames e problemas na visão. Para uma boa compra, escolha aquelas que apresentam casca firme, lisa, sem rachaduras ou manchas, se comprar em pedaços escolha os que tem um aspecto fresco.

Fonte fotos: freeimages.com