Alimentação

Fritura faz mal? Quanto, como e por quê? Informações e dicas

pastel
  • por Eliane A Oliveira

Quando o assunto é fritura, muitas opiniões se dividem, pois há aqueles que amam uma "friturinha" e a defendem de todas as formas e há aqueles que sabem que faz mal, por isso evitam ao máximo que podem. E você? Gosta de fritura? Será que faz tão mal assim? Nesse artigo explicaremos o porquê da fritura fazer tão mal, com base na opinião de médicos e especialistas, bem como daremos dicas de como consumir uma friturinha de vez em quando. 

A Dieta Brasileira que promete perder peso rápido. Do que se trata?

dieta brasileira
  • por Redação

Se você perguntar para qualquer brasileiro o que é a dieta brasileira, com certeza ele vai responder: arroz, feijão, salada e carne, muita carne! Mas, como o Brasil é um país estereotipado, os “gringos” acham que aqui a gente só come abacaxi, manga e banana, além de beber água de coco e surfar. E aí, para ficarem "sarados" como nós, eles inventaram uma dieta denominada Brazilian Diet. Vamos saber do que se trata?

Alimentos e suplementos que ajudam a combater a prisão de ventre

salada de frutas
  • por Redação

A prisão de ventre, nome popular da constipação intestinal, é causada principalmente por hábitos alimentares ruins: ingerir poucas fibras e poucos líquidos e comer muita carne e alimentos industrializados. Mas se a dieta mal planejada causa a prisão de ventre, é preciso saber que vários alimentos e suplementos conseguem controlar a doença. Outro fator causador é o sedentarismo, então é sempre importante aliar as dicas de alimentos que daremos com uma rotina de exercícios leves.

Você já conhece o adoçante natural Stevia?!

adoçante natural Stevia
  • por Artigo Publieditorial

A Stevia é um adoçante natural que pode ser utilizado para substituir o açúcar comum na alimentação, como em chás, sucos, cafés, bolos e outras receitas que necessitam do açúcar para adoçar.

Beber muito café? Não causa câncer, mas pode danificar o coração

café
  • por Redação

Mais xícaras de café por dia não aumentam o risco de câncer, mas podem criar alguns problemas cardíacos. A afirmação vem de dois amplos estudos australianos, que examinaram a relação entre a quantidade consumida diariamente e os dados genéticos dos consumidores.