/alimentar-se/alimentacao/8515-se-alimentar-melhor-pouco-tempo

Chega de comida pronta e fast-food: como se alimentar melhor, mesmo com pouco tempo

  • atualizado: 
cozinhar em casa

Um dos grandes desafios da modernidade é conseguir se alimentar de modo saudável, mesmo com tão pouco tempo para cozinhar. 

Não à toa, muitas pessoas recorrem aos industrializados, congelados e fast-food como forma de alimentação. Porém nem é preciso falar o quanto esses hábitos podem ser nocivos para a saúde, em longo prazo.

No caso dos pais, então, o desafio vem em dobro: é importante ensinar desde cedo as crianças a gostarem e escolherem itens saudáveis. Por isso, confira abaixo cinco dicas para se alimentar melhor, mesmo tendo pouco tempo.

Planeje

A organização é essencial para quem quer comer bem. Se puder, programe o cardápio da semana e verifique se tem todos os itens. Pesquise receitas e vá salvando para fazê-las quando sobrar um tempinho. Um recurso útil é aproveitar o domingo – dia que as pessoas costumam ficar em casa – ou qualquer outro dia que tenha folga para organizar os almoços. Muitos itens podem ser armazenados na geladeira e é possível ainda fazer marmitas para cada dia da semana, principalmente se você mora sozinho. Veja algumas dicas no link abaixo:

Congele

Muita gente negligencia o poder que o congelador pode ter sobre uma boa alimentação. Uma das tarefas mais complicadas – e trabalhosas -, por exemplo, é cortar legumes para cozinhar ou para fazer aquela salada. Muita gente não tem muita paciência para fazer isso todo dia. Porém acostume-se a deixar as frutas cortadinhas e armazenadas em potes de vidro para fazer o lanche da tarde, assim como legumes pré-cozidos para o cardápio da semana. As verduras podem ser lavadas antes e guardadas em potes para o preparo das saladas, tão essenciais para quem quer comer melhor. É possível ainda fazer saladas de pote, ótimas e práticas para quem não tem muito tempo.

Faça boas compras

A ida ao supermercado deve ser planejada também. Faça listas do que precisa e opte por alimentos in natura ou pouco processados. Prefira as versões integrais e aprenda a usar a criatividade nos seus pratos. Nunca faça compras com fome, pois o risco de comprar itens desnecessários – e nada saudáveis – é grande, e, por último, gaste mais tempo indo à feira, do que ao mercado. Você só tem a ganhar.

Fuja dos ultraprocessados

Alimentos ultraprocessados são aqueles que utilizam muitos ingredientes, como gordura, sal, açúcar, e muitos aditivos. Eles já vêm praticamente prontos para o consumo, muitas vezes só precisando de algum aquecimento, como é caso de uma lasanha congelada. São produtos tão alterados industrialmente, que pouco lembram um alimento. Já existem estudos mostrando o quanto esses itens podem ser prejudiciais à saúde. Evite.

Dê especial atenção ao que come à noite

Muita gente acaba optando por consumir itens nada saudáveis na hora de jantar, principalmente quem trabalha o dia todo e chega em casa cansado. Essa é a hora de evitar um pouco o excesso de carboidratos e investir mais em alimentos leves e saudáveis para se comer à noite.

Não tem desculpa, é possível se alimentar bem mesmo havendo pouco tempo para cozinhar. Uma alimentação saudável é a base para uma boa saúde. Ninguém duvida disso!

Que tua alimentação seja a tua medicina preventiva. 

Talvez te interesse ler também:

COMO FAZER REEDUCAÇÃO ALIMENTAR? CARDÁPIO

DICAS E ALIMENTOS PARA PERDER PESO: OS ALIMENTOS TERMOGÊNICOS

PARECE MAS NÃO É: A LISTA DOS ALIMENTOS FALSO-SAUDÁVEIS

siga brasile pinterest

Você está no Pinterest?

As fotos mais bonitas sempre contigo!

siga brasile instagram

Você está no Instagram?

Curta as mais belas fotos, dicas e notícias!