China: hashi eletrônicos avisam se você está comendo junk food

hashi eletrônicos

Até a China parece estar cada vez mais interessada na segurança alimentar e na salubridade dos alimentos. Aproveitando essa onda, a gigante de comunicações Baidu web criou os hashi, pauzinhos chineses, capazes de informarem se um alimento é mais ou menos saudável.

Os novos pauzinhos inteligentes chamados Kuaisou, uma vez imersos na comida, alertam o consumidor se o que se está para comer é saudável ou não. Em particular, eles são capazes de avaliar se há muito sal na comida, acidez excessiva, se foram usados ​​óleo velho ou panelas enferrujadas na preparação do alimento. Além disso, é possível calcular a temperatura e as calorias dos alimentos.

Os Kuaisou serão, portanto, úteis para lidar com o risco de comer alimentos pouco saudáveis​​ não só em restaurantes, mas também em quiosques na rua, muito populares na China, como no Brasil, e nem sempre seguros do ponto de vista da higiene e da segurança alimentar. Nos últimos anos, de fato, houve muitos escândalos relacionados principalmente com o uso de óleo de baixa qualidade e ou reutilizado, na preparação culinária naquele país.

"No futuro, com o Baidu Kuaisou, você poderá saber a origem do óleo, da água e de outros ingredientes; se são adequados para o consumo, além dos nutrientes contidos nos alimentos", disse Robin Li, CEO da Baidu em um discurso de apresentação do produto (atualmente ainda não disponível no mercado).

O vídeo abaixo, divulgado pela empresa chinesa, mostra como usar os pauzinhos que fornecem os dados se o usuário tiver conexão com smartphone, tablet ou PC.

Quem sabe, em breve inventem garfos com as mesmas características :)

Leia também: Pratos auto-laváveis para reduzir o desperdício de água e detergentes