Todos os Alimentos que pioram a Inflamação

  • atualizado: 
Inflamação

Uma inflamação nem sempre é um sintoma que deve ser subestimado. Muitas vezes está associada à doenças específicas, por isso, independentemente, deve-se considerá-la pois, uma simples inflamação pode comprometer, e muito, a saúde de todo o organismo.

Do câncer ao infarto, da obesidade à diabetes passando pelas doenças neurodegenerativas: muitas doenças partilham de mecanismos inflamatórios.

Quando não existe uma disfunção evidentemente inflamatória em curso, o principal problema é, de acordo com especialistas, identificar de onde vem a inflamação. É difícil conhecer os motivos, mas é verdade que existem alimentos comumente encontrados em nossa dieta, que podem causar ou piorar as inflamações.

O colesterol ruim (LDL) elevado, por exemplo, é um dos fatores que mais aumenta o nível de inflamação geral nos vasos. Para manter seus níveis baixos, é preciso levar um estilo de vida saudável, uma dieta equilibrada e fazer atividades físicas regularmente.

Aqui, então, todos os alimentos que pioram a inflamação:

  • Gordura trans: evite doces e guloseimas prontas industrializadas, caldos de carne e mesmo de verduras, pãezinhos, biscoitinhos, brioches industrializadas;
  • Refeições prontas: nuggets, peixes e frango empanados, sopas, molhos prontos, que promovem a inflamação devido à presença de aditivos, corantes, edulcorantes, aromas artificiais, realçadores de sabor, etc.
  • Carnes processadas como salame, mortadela, salsicha, idem, bem como produtos lácteos super industrializados (sobremesas prontas etc);
  • O álcool, se consumido em excesso;
  • Açúcar branco, refrigerantes e sucos industrializados;
  • Sal clássico de cozinha e sal iodado (sal refinado com adição artificial de iodo): a estes deve ser preferido o sal marinho

Você pode, em alternativa, consumir:

  • Cereais e grãos integrais anti-inflamatórios naturais tais como: cevada, trigo mourisco, aveia, centeio, arroz, feijão, ervilha, lentilha, etc;
  • Azeite extravirgem de oliva: devido à sua gordura monoinsaturada, vitamina E e polifenóis que reduzem a formação de moléculas pró-inflamatórias
  • Frutas vermelhas selvagens (morangos, amoras, mirtilos, etc)
  • Alho, com os seus compostos naturalmente anti-inflamatórios

Leia mais sobre Alimentação e Saúde:

setaLISTA DE ALIMENTOS TÓXICOS SE CONSUMIDOS EM EXCESSO OU DE MANEIRA ERRADA

seta12 BENEFÍCIOS DO FEIJÃO AZUKI E 5 RECEITAS GOSTOSAS

setaFÍGADO GORDO: NOVO ESTUDO CONFIRMA QUE A PROTEÍNA ANIMAL FAVORECE A ESTEATOSE HEPÁTICA