Amaranto: um superalimento rico em nutrientes! Veja como consumir

  • atualizado: 
Amaranto

Amaranto é um pseudo-cereal, quer dizer, uma planta que não é da família das gramíneas, tem sementes abundantes, nutritivas, ricas em proteínas e que integra a alimentação humana assim como o fazem os cereais. Mas, não é só uma planta e sim todo um gênero botânico, Amaranthus, dentro do qual, 40 espécies são nativas do nosso continente e, pelo menos 17 espécies têm folhas comestíveis também usadas na alimentação humana - são os bredos ou carurus.

Os amarantos mais usados de sementes comestíveis e altamente nutritivas são aqueles que, há milênios, também eram usados por Maias e Astecas (há 10 mil anos atrás) e, posteriormente, pelos Incas, sendo parte da alimentação de quechuas e aymaras, ainda hoje.

Do México temos as plantas Amaranthus cruentus e Amaranthus hypochondriacus. Dos Andes, no Peru e Bolívia, a Amaranthus caudatus. O nosso caruru é o Amaranthus tricolor, do qual consumimos as folhas cozidas.

Riqueza nutricional no amaranto (sementes)

As sementes do amaranto são ricas em cálcio e podem ser usadas como substituto de qualquer leite animal, sendo indicado para crianças e pessoas com intolerância à lactose.

setaLeia também: LEITES VEGETAIS: 7 ALTERNATIVAS AO LEITE DE VACA

Este também é um ótimo alimento para os que precisam fazer a dieta celíaca - sem glúten - ou uma dieta para controle da glicemia em diabéticos, graças à alta concentração de fibras alimentares – maior do que as encontradas na aveia, milho e trigo.

setaLeia também: DOENÇA CELÍACA: TUDO O QUE VOCÊ PRECISA SABER

O diferencial das sementes de amaranto são a sua elevada concentração de esqualeno - substância antioxidante que só abunda, fora do amaranto, nos óleos de fígado de animais marinhos, no óleo de gergelim e no óleo de arroz.

As sementes, ou grãos, de amaranto, são parecidas com as da aveia. O amaranto pode ser consumido, como esta, com frutas, iogurte, em pães (misturado à farinha) e também pode ser acrescentado a sopas e à quaisquer pratos cozidos.

O amaranto é considerado um alimento funcional que trata hipertensão, hipercolesterolemia e resistência à insulina, dentre outros desequilíbrios da saúde humana.

É um alimento rico em proteínas e contêm lisina, um aminoácido que é faltante na maioria dos cereais.

Ferro, cálcio, magnésio e fósforo são os minerais mais abundantes nessa semente.

A fibra do amaranto é facilmente digerida e metabolizada pelo organismo, sendo particularmente adequado na alimentação de crianças, idosos, doentes e mulheres grávidas, pela facilidade da sua digestão.

setaLeia também: PRIMEIROS SINTOMAS DE GRAVIDEZ:SERÁ QUE VOCÊ ESTÁ GRÁVIDA?

As folhas do amaranto, como as do caruru, podem ser comidas cozidas, e são valiosas fonte de vitaminas e ferro.

Como cozinhar a semente de amaranto

amaranto semente

* A melhor maneira é ferver as sementes em água por até 40 minutos (desligar e deixar abafado por um tempo, para o grão terminar de inchar)

* 1 parte de amaranto para 3 partes de água costuma ser a proporção mais adequada.

* A consistência da semente cozida permite que você prepare bolos, almôndegas ou pudins, misturando o amaranto com os ingrediente que completam as receitas habituais.

* E também pode-se fazer pipoca de amaranto - basta colocar um punhado das sementes na panela e mexer, ou sacudir, até elas estourarem.

Composição do amaranto

* Um copo de sementes de amaranto contêm 251 calorias e 4 g de gordura insaturada.

* Em uma dieta de 2.000 calorias, essa quantidade de amaranto fornece 29% das necessidades de ferro e 12% das de cálcio, recomendadas.

* Em magnésio, essa quantidade de amaranto vai fornecer 40% do que você precisará, diariamente e,

* 36% das necessidades em fósforo.

* E mais, 105% da dose diária de manganês.

* A folhagem do amaranto também é muito rica em nutrientes porém aconselha-se sua ingestão somente cozida, como se faz com as outras amarantaceas que conhecemos (caruru ou bredo, por exemplo).

Cultivo de amaranto

amaranto cultivo

No Brasil não há cultivo comercial de amaranto mas, você poderá comprar as sementes para consumo nas lojas de alimentos naturais ou grandes supermercados. Porém, nada te impede de tentar cultivar esta planta em seus canteiros - suas flores são muito vistosas e ornamentais.

Especialmente indicado para você:

setaDEIXAR GRÃOS E SEMENTES DE MOLHO: PRÓS E CONTRAS

setaALIMENTOS LEVES E SAUDÁVEIS PARA SE COMER À NOITE

seta5 ALIMENTOS QUE AJUDAM A REDUZIR O AÇÚCAR NO SANGUE