5 alimentos que ajudam a reduzir o açúcar no sangue

  • atualizado: 
reduzir o açúcar no sangue

Você sabe quais alimentos podem ajudar, rapidamente, a reduzir o açúcar no sangue? E mais, mantê-lo estável? Essa é uma informação muito útil a todos e, mais ainda, àqueles que sofrem com problemas de glicemia que sobe e desce. Vamos falar, a seguir, de 5 alimentos reguladores do açúcar no sangue.

Já foi dito que todos, absolutamente todos, devemos manter os níveis de açúcar no sangue sob controle e em equilíbrio - este é um fator importante para a preservação da nossa saúde. Mas, esse fator é especialmente complicado para diabéticos e pacientes com câncer pois, as variações de glicemia podem ser muito perigosas, um atentado à vida.

Assim, cuidar do açúcar livre na corrente sanguínea, do açúcar metabolizado pelo pâncreas, do açúcar que ingerimos, é uma questão de saúde preventiva, não mais do que isso. E um dos principais fatores que nos dificultam essa questão do equilíbrio de açúcares é a carência, crônica, de magnésio, na nossa vida.

setaLeia mais: MAGNÉSIO - QUANDO É DEFICIENTE O QUE ACONTECE AO NOSSO CORPO?

Saúde x Consumo de açúcar

Manter níveis adequados de açúcar no sangue é fundamental para se prevenir e tratar a diabetes tipo 2, a hipertensão arterial e a hipoglicemia. E mais, reduzir o consumo de açúcar, ou mesmo deixar de consumir esse “rico veneninho”, é prevenção real contra a obesidade, as alergias e até o câncer.

Você sabe, o problema do açúcar não é, simplesmente, que ele nos engorda - a verdade é que açúcar engorda e nos adoece pois promove um processo inflamatório contínuo no nosso organismo. E é essa inflamação que não pára nunca a razão do surgimento de todos os outros processos ruins como diabetes, hipertensão, alergias, obesidade e até diversos tipos de câncer.

É por esse motivo que insistimos para que você reduza, ao máximo, o uso dos alimentos industrializados - que contêm açúcar, sal e conservantes, em suas composições.

setaLeia mais: CLORETO DE MAGNÉSIO, SAL CURADOR PARA AS PESSOAS DE MEIA IDADE

Claro, a gente precisa de comer um doce de vez em quando - mas, então, dê preferência aos doces de frutas, às sobremesas lights, feitas de frutas ao forno, às frutas adocicadas, ao mel e ao melado de cana, em pequenas quantidades e, nunca, de forma rotineira. Comer um alimento doce é um momento na vida, não é alimentação, é exceção. Assim, você ajudará a manter a tua saúde equilibrada bem como o teu humor.

Os alimentos que ajudam a controlar o açúcar no sangue são:

1. Vegetais de folhas verdes e tubérculos

rucula

rúcula

espinafre

bertalha

caruru

couves

alface

acelga

brócolis

nabos

cenouras

batata-doce

dente de leão

Na verdade, todos os vegetais são ricos e necessários como fontes de magnésio e vão nos ajudar nessa tarefa - e ainda vão acrescentar sua riqueza em vitaminas, sais minerais e fibras, fundamentais para a manutenção da saúde. Especialmente os vegetais mais ricos em magnésio - espinafre, bertalha, acelga, por exemplo - são os mais adequados para equilibrar o açúcar no sangue.

Leia mais:

setaCENOURA: COMO CULTIVAR EM CASA

setaBATATA-DOCE: USO E BENEFÍCIOS‏

Veja o vídeo com os 10 alimentos mais ricos em Magnésio:

2. Sementes oleaginosas

sementes de girassol

As amêndoas são uma das fontes importantes de magnésio que não deve ser subestimada pois, são mais ricas, neste elemento, do que nozes e castanhas de cajú. Também são muito adequadas as sementes de abóbora, linhaça, girassol, chia, gergelim, cânhamo, dentre várias outras, com sua riqueza em ácidos graxos, sais minerais e óleos essenciais, são muito importantes na ação preventiva de se manter a saúde do nosso corpo e também, fortes aliados na manutenção dos níveis equilibrados de glicose no sangue.

3. Cacau puro

cacau

É claro que estamos falando de cacau em pó puro, amargo a 100% e não de qualquer cacau ou chocolate ao leite, misturado ou industrializado. O pó de cacau puro pode ser adicionado a receitas com frutas, sementes oleaginosas ou pães e massas, enriquecendo-as. Este é um alimento muito rico em magnésio.

4. Algas

spirulina

Diversas algas são comestíveis e todas, riquíssimas em magnésio e outros minerais essenciais. Lembramos aqui do agar-agar, da spirulina, da nori que embrulha os sushis deliciosos e de uma variedade de algas marrons ou pardas, que têm diversos nomes e diferentes usos mundo à fora (lembroamos aqui do cochayuyo, Durvillaea antarctica, muito rica em nutrientes e abundante no Chile).

5. Cereais integrais e pseudocereais

cereais

Os cereais integrais contêm muito mais fibra do que os grãos refinados e, portanto, também são mais ricos em minerais essenciais à nossa saúde. Acrescente à sua rotina de supermercado a compra de arroz integral, aveia, painço, milho, milheto e as sementes que chamamos de pseudo-cereais como a quinoa e o amaranto, e incorpore-os às suas receitas e pratos que, a tua saúde agradecerá.

Porém, também já sabemos que o magnésio é elemento faltante nas terras de cultivo e, portanto, naturalmente há carência deste elemento nos produtos agrícolas, em geral. Nessa condição, que tal complementar sua ingestão com água de cloreto de magnésio?

setaLeia mais: 21 PROBLEMAS DE SAÚDE QUE PODEM SER TRATADOS COM CLORETO DE MAGNÉSIO

Por fim, assista este vídeo, uma verdadeira aula do Dr. Arnaldo Veloso, sobre o uso do magnésio, especialista em medicina nutricional.

Especialmente indicado para você:

setaAS 6 SEMENTES DA SAÚDE

setaOS INÚMEROS BENEFÍCIOS DAS ALGAS MARINHAS PARA NOSSA SAÚDE

setaDEIXAR GRÃOS E SEMENTES DE MOLHO: PRÓS E CONTRAS

setaMANUTENÇÃO INTESTINAL COM ERVAS, FRUTAS E CEREAIS - ALGUMAS RECEITAS