Sobretaxar bebidas doces para combater a obesidade é a nova proposta da OMS

bebidas doces

Os números são alarmantes: 39% da população mundial está acima do peso, 11% destas pessoas são propriamente obesas. Como resolver ou diminuir este problema? Taxando as verdadeiras bombas calóricas que são as bebidas doces: refrigerantes, ice teas, energéticos, sucos de latinha, caixinha, achocolatados e afins.

Quanto? Deveriam ser 20% mais caras para desestimular a população a matar a sede com estes coqueteis de açúcar que nada têm de bom em termos nutricionais, têm apenas as chamadas calorias vazias.

E sem falar nas crianças, muitas vezes as vítimas mais sensíveis atingidas pela publicidade destes produtos: 42 milhões de crianças com menos de 5 anos de idade, no mundo, estão acima do peso ideal. E nem precisariam dados oficiais para perceber este descalabro, basta olhar para o lado e ver, infelizmente, tanta criança com sobrepeso. Se elas estão assim agora, imagina no futuro. Foi-se o tempo em que as crianças eram magras, naturalmente magras, pois criança saudável corre, pula, não fica um minuto parada, gasta energia a torto e a direito e não tem o que lhes possa engordar. Mas hoje as crianças vivem paradas com tablets, jogos eletrônicos, TV, celular.

Leia mais: COMO O USO DE ELETRÔNICOS INTERFERE NO DESENVOLVIMENTO DAS CRIANÇAS?

Uma tristeza que no final das contas vira um problema de saúde pública: diabetes, problemas cardiovasculares, inflamações e dores pra tudo que é lado. E os governos? Estão prontos para lidarem com esta disparada de doenças causadas pelo excesso de peso?

Melhor taxar hoje que sofrer amanhã, doer hoje no bolso que amanhã no corpo. Lembremos que estas bebidas não são tão caras, no final todos, de um jeito ou de outro, têm acesso aos refrigerantes pois existem mil versões mais caras e baratas de tudo quanto é produto.

O exemplo vem de casa

Nós sabemos que com criança é complicado, além da curiosidade natural delas (elas querem experimentar coisas) tem as festinhas regadas a açúcar, etc. Mas toda criança tende a seguir o exemplo de casa. Não adianta dizer que faz mal e consumir refrigerante na frente delas.

Também é hora de mudar nossos hábitos. Por que adoçamos os sucos? Por que adoçamos o achocolatado da criança quando eles ja vêm bombados de açúcar? São pequenas coisas que fazem grande diferença pois o nosso paladar se acostuma rapidamente a um novo sabor. Experimente comer apenas chocolate amargo por uma semana e depois coma um chocolate ao leite. Depois conta para gente como o chocolate ao leite é horrivelmente doce! Chás com açúcar então é uma coisa ininteligível pois as ervas têm sabores tão delicados, que ficam totalmente encobertos se você adoçar o chá. 

Menos açúcar é mais saúde, todos sabem e não é difícil começar a colocar em prática essa máxima.

Mas seria mesmo muito bom que estas bebidas ficassem mais caras, são supérfluas, completamente inúteis! Vocês concordam?

Leia mais sobre açúcar:

50 GR DE AÇÚCAR POR DIA: O LIMITE QUE NÃO DEVE SER ULTRAPASSADO, SEGUNDO A OMS

UM ANO SEM AÇÚCAR: A AVENTURA DE EVA SCHAUD E SUA FAMÍLIA

AÇÚCAR REFINADO CAUSA TUMORES E METÁSTASES: UM NOVO ESTUDO