Quem vive sozinho come mais junk food e comida semipronta

A bela vida de solteiro, ah!!!, sem dúvidas tem suas vantagens: ninguém para encher nossa paciência, liberdade absoluta em casa, fazer o que quiser a hora que quiser, um banheiro todo nosso e por aí vai! Mas e o que dizer sobre a alimentação? É fato! Quem mora sozinho se alimenta mal.

A afirmação vem de um estudo da Queensland University of Technology onde foi demonstrado que quem se alimenta sozinho é mais propenso a cair na rede do junk food e talvez comer uma coisinha qualquer (um macarrão instantâneo, uma salsinha no molho de tomate semipronto ou até um sorvete de chocolate) assistindo a televisão ou a tela do computador. Talvez a praticidade seja ótima, mas certamente não se pode dizer que esta seja uma refeição nutritiva e muito menos saudável!

A pesquisa confirma um clichê: os solteiros ou as pessoas que vivem sozinhas se alimentam mal, variam pouco o tipo de comida e comem poucas frutas e verduras, alimentos frescos e saudáveis.

Não é fácil manter os alimentos frescos dentro da geladeira onde só uma pessoa se serve. Até fazer a compra fica difícil. Para fazer uma sopa fresca, por exemplo, a pessoa precisa de pelo menos uma cenoura, uma batata, uma cebola, um tomate, um pouco de vagem ou de espinafre. Ainda que ela consiga comprar uma unidade de cada um desses alimentos, a sopa virá grande e a probabilidade da sopa acabar no lixo é grande. Para isso as geladeiras comunitárias são maravilhosas!

Mas se para tudo há uma explicação científica, por que as pessoas solteiras geralmente comem pior? Os pesquisadores levantaram algumas questões: os solteiros não têm responsabilidade sobre a alimentação de outras pessoas, não experimentam o prazer de cozinhar e comer em família ou simplesmente com alguém que dê um feed back sobre a comida. Cada um com sua própria motivação, mas o fato é que, para quem vive sozinho, é mais fácil mesmo comprar refeições prontas, semiprontas, embaladas e industrializadas, especialmente no caso dos homens, mas muitas vezes o mau hábito também pode esconder uma falta de habilidade, ou de interesse, pela cozinha.

A investigação demonstrou que, basicamente, as mulheres solteiras têm dietas menos pobres em nível nutricional em relação às suas contrapartes masculinas.

A pesquisa foi realizada em uma amostra de residentes dos Estados Unidos, mas, provavelmente, este problema pode ser visto um pouco em todos os lugares, basta se perguntar: quando você está sozinho em casa, o que você come?

Vamos combinar que existem alternativas. É necessário um pouco de força de vontade, mas existem receitas fáceis e rápidas como a dos links abaixo. Além disso, chamar os amigos para cozinhar em companhia e aproveitar para congelar, por exemplo, o molho de tomate, em vez de usar sempre a lata semipronta, é uma das mil soluções para que os solteiros também comecem a se alimentar direitinho. A saúde deles agradecerá. Que tal dizer isso a um amigo que vive comendo “porcaria”!!!???

Leia também:

MOLHOS E CONDIMENTOS PARA MASSAS: 10 RECEITAS VEGETARIANAS PARA COZINHAR EM 5 MINUTOS

RECEITAS COM BERINJELA: SAUDÁVEIS, RÁPIDAS E FÁCEIS

5 RECEITAS DE HAMBÚRGUER VEGETAL

SALADAS NO POTE DE VIDRO: RECEITAS GRINGAS