Pimenta contra a obesidade

Pimenta contra a obesidade

Quando pensamos nos alimentos que ajudam a queimar gordura, instintivamente nos lembramos da pimenta, o alimento com sabor típico picante, cuja propriedade a ciência vem investigando mais profundamente. É verdade que a pimenta ajuda a perder peso?

Pesquisadores da School of Pharmacy da Universidade de Wyoming constataram que a capsaicina, a mesma substância que dá o sabor picante à pimenta, seria capaz de desencadear a perda de peso e acelerar o metabolismo da gordura.

Os pesquisadores apresentaram o estudo em Baltimore, por ocasião da 59ª Reunião Anual da Biophysical Society. A intervenção foi intitulada de: "Dietary capsaicin and exercise: analysis of a two-pronged approach to counteract obesity”.

A capsaicina transforma em calor a energia liberada pelo metabolismo das gorduras, quase como quando estamos praticando esportes e atividades físicas. Adicionar um toque de pimenta na nossa dieta ajudaria a perder peso e combater a obesidade.

A descoberta é importante para os pacientes que estão tão em sobrepeso, que não podem fazer movimentos durante o tempo necessário para compensar o acúmulo de peso.

Aqui, ao lado de um compromisso com uma maior atividade física - desde usar as escadas em vez do elevador a fazer uma caminhada todos os dias - uma pitada de pimenta vermelha usada ocasionalmente como tempero, poderia ser útil para acelerar a queima de gordura.

Um terço da população do planeta, de acordo com dados da OMS, encontra-se em condição de excesso de peso ou obesidade. Evitar a acumulação do excesso de peso pode prevenir doenças como a diabetes tipo 2, doenças cardiovasculares e hipertensão.

E qual é o próximo passo dos pesquisadores? Realizar suplementos de alta concentração de capsaicina que possam ajudar a resolver casos de obesidade. Enquanto isso, a sugestão é dar uma pitada de pimenta a mais na mesa, de vez em quando.

Leia também: Receita de água que seca a gordura do corpo