Farinhas sem glúten: todas as possibilidades

farinhas-sem-glúten

Pouca gente sabe, mas a farinha de trigo por ser muito danosa e fazer muito mal à saúde. O principal problema reside no fato da expressiva quantidade de glúten encontrada na farinha. Este elemento existe principalmente para que a farinha de trigo possa aderir facilmente a outros elementos, facilitando o processo de preparo de outros produtos como o pão.

O glúten é encontrado tanto na farinha de trigo branca quanto na farinha de trigo integral, por isso, independente dos benefícios que esta possa prover em relação àquela, é necessário ficar atento na hora de seu consumo.

Os males que o glúten pode causar no organismo são inúmeros, pois, por ser uma proteína enérgica, o alto consumo do glúten pode levar à obesidade e depois a problemas cardiovasculares muitas vezes irreversíveis.

Assim sendo, após fazermos uma eventual consulta médica, podemos começar a considerar a gradativa eliminação do glúten de nossa dieta a fim de prevenir futuras doenças e manter uma vida muito mais saudável. Há, atualmente, diversas alternativas saudáveis de farinhas com nenhuma quantidade de glúten. Veremos algumas delas e também sugestões de como utilizá-las:

Farinha de aveia

Farinha de aveia

A farinha de aveia é uma das opções mais benéficas à saúde quando se busca eliminar a ingestão de glúten. Pode tanto ser comprada pronta quanto feita em casa ao triturarmos flocos de aveia. Além de não possuir glúten, a farinha de aveia provê diversos benefícios, tais quais a redução do risco de câncer, prevenção de problemas cardiovasculares, diminuição do nível de colesterol e também a prevenção de osteoporose.

Em receitas tradicionais, é possível substituir 1/3 da farinha de trigo branca por farinha de aveia. Mas caso deseje preparar alimentos sem nada de glúten, o ideal é não utilizar a farinha de trigo, mantendo apenas a de aveia. Para tal, é possível adicionar farinha de aveia sobre frutas para o café da manhã, ou mesmo em vitaminas.

Leia também: seta COMO FAZER LEITE DE AVEIA CASEIRO

Farinha de arroz

Assim como a farinha de aveia, a farinha de arroz não possui glúten e é extremamente saudável se comparada à tradicional farinha de trigo branca. Além disso, a farinha de arroz é rica em proteínas e fibras. Também é possível comprá-la pronta ou fazê-la triturando arroz em um liquidificador. Com esta farinha podemos fazer bolachas, biscoitos, massas de tortas salgadas e muitos outros alimentos.

Leia também: seta CONHEÇA OS TIPOS DE ARROZ E SEUS BENEFÍCIOS

Farinha de grão-de-bico

Farinha de grão de bico

Por ser uma ótima fonte de fibras, a farinha de grão-de-bico é recomendada para quem deseja perder alguns quilos, pois as fibras ajudam nos processos intestinais. Há ainda pesquisas que mostram a eficiência da farinha de grão-de-bico na prevenção de doenças cardíacas. Assim como as anteriores, não possui glúten. Pode ser utilizada para fazer tudo que a tradicional farinha de trigo faz, desde pães a biscoitos.

Leia também: seta TRIGO PARA QUIBE: 3 RECEITAS DELICIOSAS

Amido de milho

Por possuir vitaminas A, B1 e C o amido de milho (ou maisena) é recomendado no combate a radicais livres, tais quais os proporcionados pelo tabagismo. Além disso, reduz os níveis de colesterol e ajuda o organismo a metabolizar a gordura com eficiência. Seus benefícios podem ser obtidos tanto a partir do consumo de cereais diretamente do milho, ou mesmo com a própria farinha no preparo de molhos ou bolos.

Leia também: setaDUAS NOVAS VARIEDADES DE MILHO TRANSGÊNICO FORAM LIBERADAS PARA O CONSUMO

Farinha de Tapioca

Farinha de Tapioca

A farinha de tapioca é uma boa opção para quem procura substituir o pão de farinha de trigo. É possível comprá-la pronta ou fazer em casa. Para tal, basta uma medida de polvilho doce e outra de polvilho azedo e água para a liga enquanto amassa. Além de poder fazer a tradicional tapioca, é possível utilizar a farinha de tapioca no preparo de sopas, caldos e até mesmo pães e torradas para o café da manhã.

Leia também:setaRECEITAS SAUDÁVEIS E DELICIOSAS PARA SUBSTITUIR A FARINHA DE TRIGO

Farinha de milho

A farinha de milho é um ótimo agente auxiliador na manutenção da visão por possuir vitamina A. Além disso, se comprada de forma convencional no mercado, a farinha de milho estará enriquecida com ferro que é responsável pela transportação do oxigênio pelo corpo humano. É possível utilizar a farinha de milho para fazer doces como mingau ou variações da pamonha, bolos e até mesmo pães.

Farinha de Araruta

A farinha de araruta é feita a partir da fécula branca da raiz da planta araruta. Esta farinha é uma grande fonte de carboidratos e cálcio, por tal motivo é capaz de proporcionar energia e também de ajudar na prevenção de osteoporose. Comumente utiliza-se a farinha de araruta no preparo de biscoitos e bolachas, mas pode tranquilamente ser utilizada para preparar massas de pães e salgados.

Leia também: seta ARARUTA:CONHEÇA A PLANTA QUE PODE TRAZER VÁRIOS BENEFÍCIOS PARA SAÚDE, CORPO E AINDA SER UMA OPÇÃO NA COZINHA

Farinha de Sagu

Farinha de Sagu

Da mesma forma que a farinha de araruta, a farinha de sagu é subproduto de uma fécula, mas neste caso de variadas palmeiras. Pode ser adquirida pronta ou mesmo em pequenos “grãos” que podem ser moídos em casa. Com a farinha de sagu é possível fazer o mesmo que as demais farinhas (pães, torradas, bolos, doces e etc.) e tudo sem glúten.

Farinha de coco

Farinha de coco

Por fornecer grande quantidade de fibras, a farinha de coco também é uma ótima aliada para quem procura emagrecer, uma vez que as fibras irão auxiliar em todo o processo gastrointestinal. Com a farinha de coco é possível fazer bolos e pães sem glúten, além de deliciosos quitutes.

Por fim, independente do tipo de farinha escolhida o importante é termos em mente que o grande agente prejudicial é o glúten, presente na farinha de trigo branca e também na farinha de trigo integral. Com este raciocínio e um bom acompanhamento médico, podemos substituir a farinha de trigo de nossa dieta evitando muitas doenças futuramente. Além disso, com todos os nutrientes e propriedades benéficas das farinhas supracitadas podemos ter uma vida muito saudável.

Leia também:

setaLEITE DE COCO: TANTAS PROPRIEDADES E USOS

setaÓLEO DE COCO: 10 EXTRAORDINÁRIOS USOS ALTERNATIVOS

setaSAIBA MAIS SOBRE O GLÚTEN E SEU CONSUMO